Agende uma visita

Agende uma Visita

Sempre pensando em facilitar o atendimento, a EGV criou este espaço exclusivo para que você possa conhecer nossa estrutura e nosso plano educacional:

Alunos do 1º ano do EM conhecem cidades históricas de Minas Gerais

Alunos do 1º ano do EM conhecem cidades históricas de Minas Gerais 16/10/2018

EstudoMeio1anoEM-interna

Para o Estudo do Meio, o 1º ano do Ensino Médio da Escola Granja Viana visitou algumas cidades históricas do estado de Minas Gerais nos dias 24 a 28 de setembro. O objetivo principal da viagem era fazer com que os alunos vivenciassem os conceitos aprendidos nas aulas de literatura e história.

No primeiro dia, o grupo visitou a cidade de Cordisburgo, cidade natal do escritor Guimarães Rosa. Lá fizeram uma caminhada ecoliterária com o grupo Miguilim, jovens que recontam as histórias de Guimarães Rosa de forma dramatizada utilizando o sertão como cenário. Visitaram a Museu Casa Guimarães Rosa, que abriga objetos pessoais, suas obras e diversos prêmios importantes do autor. A última atração da cidade foi a gruta Maquiné, onde é possível observar inscrições rupestres.

CasaGuimaraesRosa-interna

Para o segundo dia, Mariana foi a cidade escolhida. Todo o centro histórico foi visitado, a Casa de Câmara e Cadeia e as igrejas históricas. Os alunos foram apresentados à Casa das Aldravias, onde professores da Universidade Federal de Ouro Preto desenvolveram uma nova maneira de fazer poesia.

Ouro preto não poderia faltar no roteiro das cidades históricas mineiras e foi conhecida pelos alunos no terceiro dia da viagem. “Fomos à Igreja do Pilar, a segunda igreja mais rica em ouro do Brasil, e à Igreja São Francisco, que tem estilo neoclássico”, ” contou a professora de literatura, Daniela Gonçalves. “Os alunos puderam fazer uma comparação entre duas igrejas com estilos bem distintos”. Ainda em Ouro Preto, os alunos conheceram o Museu de Mineralogia, o Museu dos Inconfidentes e a Mina do Chico Rei.

MinaChicoRei-interna

No último dia do Estudo do Meio, o destino escolhido foi Inhotim, que abriga o maior museu de arte contemporânea ao ar livre da América Latina. Os alunos conheceram diversos artistas através de uma visita monitorada e depois ficaram livres para conhecer o museu movidos pela própria curiosidade.

Inhotim-interna

“Foi uma experiência única que, sem dúvida, eles levarão para vida”, completou a professora.

Compartilhe: